Após ironizar CNJ no Facebook, juiz paranaense pede demissão

| Portal Bonde

Envolvido em uma polêmica desde fevereiro, quando usou o Facebook para ironizar o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o juiz paranaense Marcelo Cesca pediu exoneração do cargo na noite de terça-feira (18). O Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) vai ficar responsável por analisar a solicitação. As informações são do Folha de S. Paulo.

Cesca, até então juiz federal da 15.ª Vara do TRF1, em Brasília (DF), usou a rede social para postar fotos em que aparece na praia e disparar contra o CNJ por estar afastado das funções. “Eu agradeço ao Conselho Nacional de Justiça por estar há 2 anos e 3 meses recebendo salário integral sem trabalhar”, escreveu o magistrado na legenda de uma das imagens.

O juiz foi afastado cargo em 2011 depois de um surto psicótico. Cesca afirmou, na época, que já havia recebido uma avaliação psiquiátrica que o permitia voltar ao trabalho.

O TRF, por sua vez, emitiu nota garantindo que o caso estava sendo analisado e que o juiz está regularmente afastado de suas funções. (com informações da Folha de S. Paulo)

Anúncios

Sobre Rodini Netto

Jornalista de profissão, editor dos Blogs Meandros da Política (Brasil), Versão Brasileira (Europa). Diretor do Jornal Diário de Piraquara Consultor de Comunicação Digital
Esse post foi publicado em Política. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s