Requião diz que Alep está vendendo Sanepar e dispara: “Beto meteu a mão no dinheiro”

//

O senador Roberto Requião (PMDB) criticou de maneira veemente o projeto do governo do Paraná que pretende aumentar o capital social da Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) de R$ 2,6 bilhões para R$ 4 bilhões, lançando ações no mercado. Em entrevista à Banda B, na tarde desta quinta-feira (19), ele lamentou uma possível manobra do governo e disparou. “Isso é uma patifaria. Vai resultar no aumento da tarifa em uma manobra que conta com o apoio de uma Assembleia Legislativa (Alep) irresponsável e formada por moleques, com poucas exceções”, afirmou.

requiao

(Foto: Divulgação)

Segundo ele, ao aumentar o capital e jogar ações no mercado, os investidores serão privilegiados, já o povo… “Esse pessoal vai comprar ações para ganhar dinheiro, aumentando a tarifa e diminuindo o lucro. Eles criaram uma tal de agência reguladora e vai ficar ao sabor destes caras definir o valor da tarifa. Eles foram colocados para garantir o lucro de quem comprar as ações”, afirmou o senador, que definiu o estado do Paraná como quebrado. “O Beto meteu a mão na Sanepar para pagar a folha do estado no fim do ano e agora transformou o lucro em ações. O importante para a população é o serviço e não as ações. Se outro governo assumir, tem que acabar com essa agência reguladora”, opinou. (Ouça a entrevista completa no ícone de áudio acima)

Requião também lamentou outra manobra do governo, que colocou na Alep, na véspera da votação, o deputado estadual Luiz Cheida, que era secretário do Meio Ambiente, e o também deputado Luiz Cláudio Romanelli, que era secretário do Trabalho, tirando os deputados Luiz Carlos Martins (PSD) e Gilberto Martins (PMDB), contrários ao projeto do governo. “Meus parabéns ao Luiz Carlos Martins e ao Gilberto que não vendem bens público. Esses secretários que voltaram não tem vergonha na cara. Fui governador por 12 anos e nunca fiz uma patifaria dessa para a Sanepar funcionar”, descreveu

A votação acontece hoje na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) em regime de comissão geral. “Os responsáveis por isso deveriam ir para a cadeia. Financiadores de campanha estão mandando no estado. Eles aumentam as tarifas e quebram todo mundo”, concluiu.

Anúncios

Sobre Rodini Netto

Jornalista de profissão, editor dos Blogs Meandros da Política (Brasil), Versão Brasileira (Europa). Diretor do Jornal Diário de Piraquara Consultor de Comunicação Digital
Esse post foi publicado em Política, Requião. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s