Aumento do capital da Sanepar é patifaria, diz Requião (@requiaopmdb)

SANEPAR REQUIÃO

Em entrevista à Rádio Banda B na tarde desta quarta-feira (19), o senador Roberto Requião (PMDB/PR) voltou a criticar o projeto que aumenta o capital social da Sanepar de R$ 2,6 bilhões para R$ 4 bilhões.

Sabendo que os deputados Gilberto Martin (PMDB) e Luiz Carlos Martins (PDT), que são suplentes, votariam contra, o Governo do Estado fez os deputados Luiz Eduardo Cheida e Luiz Claudio Romanelli reassumirem seus postos na Assembléia Legislativa.

Desta forma, o Governo garantiu dois votos favoráveis ao projeto.

“Deputados governistas estão vendendo a Sanepar e prejudicando todos os paranaenses. Este pessoal está doido e a nossa Assembléia, com algumas honrosas exceções, é um bando de moleques”, afirmou o senador.

A justificativa do Governo para a operação e levantar dinheiro para novos investimentos.

No entanto, o deputado Tadeu Veneri (PT) afirma que o momento não é propício para a venda de ações porque a operação vai reduzir o poder do governo na Sanepar, ficando até mesmo sem direito a voto em algumas situações.

Outro questionamento feito por deputados contrários ao aumento de capital é o valor das ações, que passaram de R$ 12,75 em setembro do ano passado para R$ 5,50.

Na ocasião, a Sanepar pagou em ações uma dívida com o Governo do Paraná. A oposição acredita que esse valor de setembro foi superfaturado.

“Aconselho o mercado a não comprar estas ações porque se um governo sério entrar no Paraná, esta folia acaba. Esse pessoal acha que vai comprar ações da empresa para ganhar dinheiro. Vão diminuir o investimento e aumentar a tarifa. O lucro da Sanepar deve ser para aumentar o investimento, incluir mais pessoas no consumo de água tratada e esgoto”, afirmou Requião.

“Fui governador por 12 anos e nunca precisei fazer uma patifaria destas para governar. Mantive a Sanepar por sete anos com tarifa congelada. Eu gostaria que tudo isso parasse na cadeia. Daqui a pouco querem vender o ar que respiramos”, afirmou.

Para ele, esta operação é a prova de que os financiadores da campanha de Beto Richa estão mandando no Estado.

“Mancharam a imagem do governo, do Paraná. Como é possível aceitar uma manobra desta? É roubo puro. Estão liquidando a Sanepar. Água é sagrada. Água não é mercadoria”, finalizou.

Ouça o áudio

Anúncios

Sobre Rodini Netto

Jornalista de profissão, editor dos Blogs Meandros da Política (Brasil), Versão Brasileira (Europa). Diretor do Jornal Diário de Piraquara Consultor de Comunicação Digital
Esse post foi publicado em Política. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s