Marina rebate Gleisi

Marina Silva (PSB) disse que o governo federal encontrou nela uma “cabra expiatória” para justificar o risco de falta de energia e que é uma “simplificação grotesca” a tentativa de responsabilizá-la pelo problema. “Primeiro se nega o problema, depois minimiza, depois, quando as evidências colocam o problema e ninguém pode negar, se procura um bode expiatório, ou, agora, uma cabra expiatória.”

Marina faz referência a fala de Gleisi Hoffmann (PT-PR) que disse que a possibilidade de restrição energética tem “grande contribuição da vice de Eduardo Campos”. A petista atribuiu a Marina a redução no potencial de geração da energia de usinas hidrelétricas no Rio Madeira, durante o período em que a rival era ministra do Meio Ambiente. “O que está sendo dito é que se o Lula não tivesse uma ministra que se preocupasse com índios, com unidades de conservação, com comunidades ribeirinhas, a gente poderia ter feito de qualquer jeito”, afirmou Marina. Para a ex-senadora, “é uma simplificação grotesca dizer que uma pessoa, marginal no governo, é responsável por um apagão de energia”.

Anúncios

Sobre Rodini Netto

Jornalista de profissão, editor dos Blogs Meandros da Política (Brasil), Versão Brasileira (Europa). Diretor do Jornal Diário de Piraquara Consultor de Comunicação Digital
Esse post foi publicado em Política. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s