Governo Richa sonega hora-atividade a professores, mas assina bolsa-moradia de R$ 4 mil para juízes do PR, afir ma blog

| Blog do Esmael

Governo Richa retira auxílio-transporte de educadores e sonega a hora-atividade aos professores, mas garante bolsa-moradia de R$ 4 mil para juízes e desembargadores do Paraná; durante interinidade, coincidentemente, Flávio Arns conseguiu liminar na Justiça contra campanha de professores que exigem o cumprimento da Lei Nacional do Piso; enquanto magistrados têm benefício sancionado pelos tucanos, neste ano de 2014, a merenda ainda não chegou às crianças das escolas da rede pública estadual; jornalista Celso Nascimento, colunista do jornal Gazeta do Povo, edição de hoje, põe em dúvida a legalidade da lei "Minha casa, minha toga"; professores e funcionários das 2,1 mil escolas do estado prometem marchar na próxima quarta, dia 19, da Praça Santos Andrade até o Palácio Iguaçu; educação e saúde entram em greve na semana que vem.

Governo Richa retira auxílio-transporte de educadores e sonega a hora-atividade aos professores, mas garante bolsa-moradia de R$ 4 mil para juízes e desembargadores do Paraná; durante interinidade, coincidentemente, Flávio Arns conseguiu liminar na Justiça contra campanha de professores que exigem o cumprimento da Lei Nacional do Piso; enquanto magistrados têm benefício sancionado pelos tucanos, neste ano de 2014, a merenda ainda não chegou às crianças das escolas da rede pública estadual; jornalista Celso Nascimento, colunista do jornal Gazeta do Povo, edição de hoje, põe em dúvida a legalidade da lei “Minha casa, minha toga”; professores e funcionários das 2,1 mil escolas do estado prometem marchar na próxima quarta, dia 19, da Praça Santos Andrade até o Palácio Iguaçu; educação e saúde entram em greve na semana que vem.

O vice-governador Flávio Arns (PSDB), secretário da Educação, assumiu o Palácio Iguaçu durante descanso de dez dias do governador Beto Richa (PSDB), que viajou ao Caribe no feriadão de Carnaval. Entre a véspera do embarque do titular e o período de interinidade, aconteceram seis fatos relevantes. Talvez sejam coincidentes e não guardem relação entre si, mas eles aconteceram e acontecem neste mundo de meu Deus:

1º) No dia em que a Assembleia Legislativa aprovou a lei criando a bolsa-moradia de R$ 4 mil a juízes e desembargadores, Beto Richa comemorou o feito ofertando jantar nababesco a deputados e magistrados no Jockey Club (clique aqui). A festança teve carnes nobres importadas da Argentina e champanhe Brut Veuve Clicquot. O governador festou e viajou para o exterior com a sensação do dever cumprido.

2º) Interino, Arns rapidamente conseguiu na Justiça uma decisão que impõe pesado multa à campanha da APP-Sindicato pela implantação de 33% da hora-atividade aos professores (tempo reservado para corrigir provas e preparar aulas). O governo tucano descumpre a Lei Nacional do Piso, mas, mesmo assim, foi agraciado por uma decisão liminar.

3º) Ato contínuo, o mesmo Arns assinou sancionou a lei criando o bolsa-moradia para juízes e desembargadores do Paraná. O salário de um juiz é de R$ 26 mil ao mês. O teto salarial do professor, no nível mais avançado, é de R$ 3,6 mil para jornada de 20 horas.

4º) Arns não apresenta a mesma destreza para fazer chegar a merenda para as crianças nas escolas. Em 2014, as criancinhas ainda estudam de barriga vazia; além disso, o tucano fecha salas de aula e dá calote de R$ 100 milhões nos educadores (avanços e progressões não pagas).

5º) Arns e Richa, coração de pedra que são, suspenderam o pagamento de auxílio-transporte para educadores em licença médica devido à exaustão provocada pela profissão.

6º) O jornalista Celso Nascimento, colunista do jornal Gazeta do Povo, edição de hoje, põe em dúvida a legalidade da lei “Minha casa, minha toga” — o bolsa-moradia a juízes — porque, citando o Diário Oficial do dia 11 de março, “há dois governadores”. No mesmo dia, Richa assinou uma lei e Arns assinou outra como “governador”.

Pelo sim pelo não, os professores marcaram greve na próxima quarta dia 19. Os funcionários da Saúde também vão cruzar os braços um dia antes, na terça 18.

Portanto, a indignação do magistério paranaense é santa.

Anúncios
Esse post foi publicado em Política. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s