Florestópolis: MST ocupa área do grupo Atalla no Paraná

No sábado, 500 famílias do MST ocuparam a Fazenda Porta do Céu, do grupo Atalla, empresa sucroalcooleira. O acampamento Zilda Arns fica em Florestópolis, norte do Paraná. A fazenda tem 2 mil hectares e já foi declarada improdutiva pelo Incra em vistoria de 2008.

A família Atalla é dona de 42 mil hectares de terras, já foi denunciada por violações dos direitos trabalhistas e trabalho escravo. Em 2008, 228 trabalhadores foram encontrados em situação degradante, semelhante ao trabalho escravo, em fazendas do grupo. A empresa é acusada de causar a destruição ambiental, e a expulsão de trabalhadores do campo.

Anúncios

Sobre Rodini Netto

Jornalista de profissão, editor dos Blogs Meandros da Política (Brasil), Versão Brasileira (Europa). Diretor do Jornal Diário de Piraquara Consultor de Comunicação Digital
Esse post foi publicado em Política. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s