Fruet aciona justiça contra greve no transporte coletivo

O prefeito Gustavo Fruet (PDT) desistiu e não vai dialogar dos motoristas e cobradores de Curitiba que decidem hoje se entram em greve ou não. Fruet mandou a Urbs acionar a justiça para garantir a circulação da frota mínima do transporte coletivo. A Urbs pede que 80% da frota de ônibus funcione durante os horários de pico e 60% em outros horários.Caso seja aprovada, a greve deve começar às 0h de quarta-feira (26).

Os trabalhadores não querem apenas aumento de salário e nas 78 reivindicações apresentadas estão melhorias como o aumento no vale alimentação. Todas as propostas foram recusadas nas negociações com as empresas. “O trabalhador não está indo para votar se vai ter greve ou não. Vamos analisar a proposta. Se ela for rejeitada, o trabalhador vai decidir se terá greve ou apenas uma paralisação”, disse o diretor do sindicato, Vanderlei Portela.

(Fonte: Blog do Fábio Campana)

Anúncios

Sobre Rodini Netto

Jornalista de profissão, editor dos Blogs Meandros da Política (Brasil), Versão Brasileira (Europa). Diretor do Jornal Diário de Piraquara Consultor de Comunicação Digital
Esse post foi publicado em Blogs, Curitiba, Política. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s