Fruet aciona justiça contra greve no transporte coletivo

O prefeito Gustavo Fruet (PDT) desistiu e não vai dialogar dos motoristas e cobradores de Curitiba que decidem hoje se entram em greve ou não. Fruet mandou a Urbs acionar a justiça para garantir a circulação da frota mínima do transporte coletivo. A Urbs pede que 80% da frota de ônibus funcione durante os horários de pico e 60% em outros horários.Caso seja aprovada, a greve deve começar às 0h de quarta-feira (26).

Os trabalhadores não querem apenas aumento de salário e nas 78 reivindicações apresentadas estão melhorias como o aumento no vale alimentação. Todas as propostas foram recusadas nas negociações com as empresas. “O trabalhador não está indo para votar se vai ter greve ou não. Vamos analisar a proposta. Se ela for rejeitada, o trabalhador vai decidir se terá greve ou apenas uma paralisação”, disse o diretor do sindicato, Vanderlei Portela.

(Fonte: Blog do Fábio Campana)

Anúncios

Sobre Rodini Netto

- Jornalista brasileiro (DRT-Pr 7.294) e Consultor em Comunicação Política. - Editor do Blog Moeda Livre Economia Digital - Fundador e Editor do Jornal Diário de Piraquara (2008). - Editor do Blog Meandros da Política (2008-2016).
Esse post foi publicado em Blogs, Curitiba, Política. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s