Carli Filho vai para o banco dos réus

Do Blog do Jorge Yared

1970642_827917803890902_1250240394_n.jpg
Christiane, mãe de Gilmar Rafael, uma das vítimas diz confiar na Justiça

Hoje o Tribunal de Justiça do Paraná determinou que Carli Filho vá a Juri Popular. A luta contra a impunidade continua. Esta decisão já fora tomada há quatro anos, porém uma pequena irregularidade processual praticada pelos próprios desembargadores paranaenses foi determinante para que tudo voltasse a estaca zero. A causa ainda está sujeita a medidas protelatórias previstas pelo

bairro%20centro%20civico_tribunal%20do%20juri.jpg
Tribunal de Justiça ratifica decisão anterior e manda o
caso Carli Filho para o Tribunal do Juri por entendê-lo
com indícios para a configuração de dolo eventual

rito processual. O Dr. Elias Assad entende que o julgamento vá ser marcado para o segundo semestre deste ano. Só nos resta aguardar os próximos passos da defesa do acusado que tenta evitar ao máximo o julgamento usando de todas as prerrogativas legais que a lei brasileira disponibiliza. Mas, um passo importante foi dado: a ratificação pela Justiça Paranaense de que o caso configura dolo eventual. Trata-se de um paradigma que poderá mudar para sempre a questão da punidade para determinados crimes praticados no trânsito brasileiro. Já não era sem tempo.

Anúncios

Sobre Rodini Netto

Jornalista de profissão, editor dos Blogs Meandros da Política (Brasil), Versão Brasileira (Europa). Diretor do Jornal Diário de Piraquara Consultor de Comunicação Digital
Esse post foi publicado em Política. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s