Vítima da ditadura venezuelana, Miss Venezuelana morre após ser baleada na cabeça durante protesto

Do Uol

Génesis Carmona é levada de moto a um hospital após ter sido baleada na cabeça

Uma estudante de 22 anos morreu nesta quarta-feira (19) após ser atingida por um tiro na cabeça durante uma manifestação contra o governo ontem, em Valência, na Venezuela. Ela foi a quinta vítima da onda de protestos pró e antigoverno no país. No final da tarde de hoje, o ministro do Interior, Miguel Rodríguez, confirmou uma nova morte nas manifestações que sacodem o país, com o que aumenta para seis o número de vítimas nos protestos.

Genesis Carmona cursava marketing na Universidad Tecnológica del Centro (Unitec) e era Miss Turismo Carabobo 2013.

“Foi operada ontem, mas sua evolução não foi satisfatória. Morreu hoje às 12h15 locais (13h45 de Brasília)”, disse à agência Efe o médico Carlos Rosales, chefe da Unidade de Terapia Intensiva da Clínica Guerra Méndez de Valência, onde Carmona permanecia hospitalizada.

  • Génesis Carmona, 22, era estudante de marketing e venceu o Miss Turismo Carabobo 2013

Carmona levou o tiro durante um protesto em Valência, em um dia marcado em nível nacional por uma mobilização em Caracas em apoio do dirigente opositor Leopoldo López, que se entregou à Justiça após ser acusado de promover os incidentes que aconteceram no país na última semana.

A miss estava internada com um quadro de edema cerebral. Ela chegou a ser submetida a uma operação de emergência, mas a bala não pôde ser retirada.

Em uma imagem comovente que correu o mundo, a miss aparece desmaiada sendo socorrida de moto.

Imagens da miss entubada e de uma suposta radiografia do crânio da miss ainda com a bala alojada estão circulando nas redes sociais, mas a veracidade das fotos não foi confirmada.

“Até quando vamos viver assim? Até quando vamos aguentar essa pressão? Até quando vamos suportar isso, que nos matem?”, disse um de seus familiares à Reuters por telefone. “Faltava um semestre para ela se formar”, lamentou.

Ontem (18), um ato de estudantes opositores em Valencia terminou em distúrbios, que, segundo a imprensa local, deixaram pelo menos oito feridos a tiros, entre eles Carmona, depois de um ataque praticado por um grupo de homens armados.

Desde que a onda de protestos começou, cinco pessoas morreram e dezenas ficaram feridas em várias partes do país.

A Venezuela vive um clima de tensão após vários dias de protestos contra o governo do presidente Nicolás Maduro, que denunciou um plano da oposição para tirá-lo do poder. (Com agências internacionais)

Anúncios

Sobre Rodini Netto

Jornalista de profissão, editor dos Blogs Meandros da Política (Brasil), Versão Brasileira (Europa). Diretor do Jornal Diário de Piraquara Consultor de Comunicação Digital
Esse post foi publicado em Blogs, Internacional. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s