Guerra interna: Vanhoni desautoriza presidente do PT e elogia Fruet

Do Blog do Esmael

Deputado Ângelo Vanhoni, em nota, nesta noite, desautorizou críticas do presidente municipal do PT de Curitiba, Natalino Bastos, ao prefeito Gustavo Fruet, acerca da nomeação do secretário dos Direitos Humanos; "Nosso partido deve parabenizar o prefeito e a atual gestão pela criação desta coordenadoria", pontuou o parlamentar; Bastos, em Nota Oficial, havia reivindicado o direito de “analisar” as nomeações do prefeito; guerra interna no PT curitibano é reflexo do PED, ocorrido em novembro, quando o grupo de Vanhoni e dos ministros Paulo Bernardo e Gleisi Hoffmann foram derrotados, na capital, por uma frente formada pelo deputado André Vargas e pela vice-prefeita Mirian Gonçalves.

Deputado Ângelo Vanhoni, em nota, nesta noite, desautorizou críticas do presidente municipal do PT de Curitiba, Natalino Bastos, ao prefeito Gustavo Fruet, acerca da nomeação do secretário dos Direitos Humanos; “Nosso partido deve parabenizar o prefeito e a atual gestão pela criação desta coordenadoria”, pontuou o parlamentar; Bastos, em Nota Oficial, havia reivindicado o direito de “analisar” as nomeações do prefeito; guerra interna no PT curitibano é reflexo do PED, ocorrido em novembro, quando o grupo de Vanhoni e dos ministros Paulo Bernardo e Gleisi Hoffmann foram derrotados, na capital, por uma frente formada pelo deputado André Vargas e pela vice-prefeita Mirian Gonçalves.

A guerra intestina do PT de Curitiba ganhou novo capítulo no início desta noite com a intervenção do deputado federal Ângelo Vanhoni. Antes, ainda pela manhã, o blog registrou que o presidente municipal do partido na capital, Natalino Bastos, distribuiu Nota Oficial à imprensa declarando guerra ao prefeito Gustavo Fruet, do PDT.

Também em nota, Vanhoni não só defendeu a nomeação do ativista Igor Martini para a Secretaria Municipal dos Direitos Humanos como aplaudiu a criação da nova estrutura. “Nosso partido deve parabenizar o prefeito e a atual gestão pela criação desta coordenadoria”, pontuou o parlamentar.

O deputado Vanhoni disse que a atitude de Fruet foi progressista, que vai de encontro à visão programática expressa em inúmeros documentos partidários.

“Caro presidente Natalino, o aplauso, se confirmado, a indicação do Sr. Igor Martini, no meu entendimento deve ser duplo, porque o Prefeito convida, além de um membro do PT, um militante reconhecido não só em Curitiba”.

A guerra interna no PT curitibano é reflexo do Processo Eleitoral Direto (PED) que deixou feridas abertas ainda não cicatrizadas.

Natalino Bastos foi eleito com o apoio do vice-presidente da Câmara, André Vargas, e da vice-prefeita Mirian Gonçalves. O candidato preferido de Vanhoni e da senadora Gleisi Hoffmann, o Zuquinha, perdeu naquele pleito.

Mais do que espaço para o PT no governo municipal, como expressa a nota oficial do presidente Natalino, o imbróglio interno tem a ver com 2016. O tiro disparado hoje contra Fruet — acidental ou não — soou como um chamado para a briga.

A nota de Vanhoni, desta noite, significou uma tentativa de “pano quente” ao desautorizar o presidente da sigla petista na capital. “Parabéns Gustavo Fruet, a democracia e os direitos humanos te saúdam”, escreveu o deputado.

A seguir, leia a íntegra da nota de Ângelo Vanhoni:

Prezado Presidente Natalino,

Tomei conhecimento pela imprensa, a respeito da possível nomeação de um quadro do nosso Partido para coordenar as atividades de um órgão recém criado na estrutura municipal, com a finalidade de estruturar a política de direitos humanos do nosso município.

Em primeiro lugar nosso partido deve parabenizar o prefeito e a atual gestão, pela criação desta coordenadoria. Sabemos o quanto essa atitude do Prefeito Gustavo Fruet tem de progressista, indo ao encontro a visão programática expressa em inúmeros documentos partidários.

Caro Presidente Natalino, o aplauso, se confirmado, a indicação do Sr. Igor Martini, no meu entendimento deve ser duplo, porque o Prefeito convida, além de um membro do PT, um militante reconhecido não só em Curitiba, mas também em nosso país pelo seu compromisso pelas políticas de estado que devem promover os direitos humanos em uma sociedade tão complexa e dividida como a nossa.

Parabéns Gustavo Fruet, a democracia e os direitos humanos te saúdam.

Angelo Vanhoni
Deputado Federal do PT-PR

Anúncios
Esse post foi publicado em Política. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s