Cícero Cattani: “Senta nesta cadeira, assume o comando e bota o Estado a funcionar”, diz Requião – @requia opmdb

Blog do Cícero Cattani

roberto_requiao_15

Antes de ir a Montevidéu participar de reunião do Parlasul, do qual é vice-presidente, o senador e candidato ao governo Roberto Requião deixou, via emissoras de rádio, um duro recado ao adversário Beto Richa. “Quando me perguntam o que acho do governo, eu tenho me negado a responder. Eu só poderia achar alguma coisa se o governo existisse. Como não existe governo não dá para fazer uma avaliação. Não é um ataque que estou fazendo. É um apelo. Senta nesta cadeira, assume o comando e bota este Estado a funcionar”, conclamou Requião. Ele também faz questão de cobrar o legado dele e de dona Zilda Arns: “Me dói no coração o que foi feito com o meu projeto em parceria com a Dona Zilda Arns, que são as Clínicas de Saúde da Mulher e da Criança. Eram para tratar de mulheres e crianças. Acabar com a mortalidade materno e infantil. Virou tudo pronto-socorro misto com a possibilidade enorme de contaminação”, alertou.

“Beto, não é assim que se governa. Você está bagunçando tudo o que fizemos no Estado do Paraná. Toma jeito, Beto Richa. Vê se faz alguma coisa no tempo que lhe resta”, apelou.

Anúncios

Sobre Rodini Netto

- Jornalista brasileiro (DRT-Pr 7.294) e Consultor em Comunicação Política. - Editor do Blog Moeda Livre Economia Digital - Fundador e Editor do Jornal Diário de Piraquara (2008). - Editor do Blog Meandros da Política (2008-2016).
Esse post foi publicado em Política. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s