Salamuni acompanha andamento das obras na Linha Verde Sul

https://i2.wp.com/www.curitiba.pr.gov.br/multimidia/capa/00143200.jpg

O prefeito em exercício de Curitiba, Paulo Salamuni, acompanhou nesta terça-feira (04) o andamento das obras da Linha Verde Sul, no bairro Pinheirinho. Ele ainda participou de um bate-papo na Regional Pinheirinho com alguns comerciantes da região.

“É satisfatório saber que há uma compreensão das pessoas com todo este transtorno que as mudanças causam. O avanço é importante, e a gestão do Gustavo Fruet e da Mirian Gonçalves está envolvida com este novo momento que a cidade vive” disse Salamuni.

A obra, orçada em R$ 19,8 milhões, compreende uma extensão de 1.700 metros, entre as ruas Cid Marcondes de Albuquerque e Izaak Ferreira da Cruz.

Incluída no rol de projetos financiados pelo PAC da Copa, as obras da Linha Verde Sul foram retomadas no dia 31 de julho de 2013. Havia parado por atraso de pagamento, durante a gestão anterior, o que levou a empreiteira a pedir a rescisão de contrato em novembro de 2012.

O secretário municipal de Obras, Sérgio Antoniasse, acompanhou a visita à obra.

Reunião

Comerciantes da região do Pinheirinho foram chamados para participar de uma reunião, na Rua da Cidadania, para esclarecer sobre o cronograma das obras da Linha Verde Sul e da trincheira da Winston Churchill. Sérgio Antoniasse explicou os detalhes da obra e disse que a previsão é que a trincheira esteja pronta no final de março. A partir daí, haverá a continuidade do trecho de 250 metros da canaleta, que precisa ser concretada, além de obras no entorno.

“Assumimos a Prefeitura com esta obra paralisada. Agimos para relicitá-la e definimos um cronograma, que está avançado” disse Antoniasse.

Roque Pasetti, 68 anos, proprietário de churrascaria, está há mais de 30 anos na região comemora a retomada da obra. “Nós comerciantes estamos sofrendo. É inevitável. Mas esta obra vai trazer bons resultados para a região e esta reunião mostra o quanto esta gestão do Gustavo é responsável” disse.

Outra comerciante que aprova as intervenções é Doris Machado dos Santos, que tem uma escola de formação profissional na Rua Nicola Pelanda. “Acho importante quando se pensa no bem comum. Essa forma participativa da Prefeitura é novidade e acredito que dessa maneira, em que o olhar esta sendo coletivo, a cidade e a população só têm a ganhar”, disse.

Diretor administrativo de um supermercado da Avenida Winston Churchill, Wanclei Benedito Said, diz considerar importante o diálogo aberto pela Prefeitura. “É excelente a oportunidade para que todos participem do processo político”.

Também participaram da reunião o presidente interino da Câmara Municipal de Curitiba, vereador Tito Zeglin, o líder do Prefeito na Câmara, Pedro Paulo, o vereador Rogério Campos e o administrador da Regional Pinheirinho, Edgar Otto Hauber Junior. (SMCS)

Anúncios
Esse post foi publicado em Política. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s