Junta Comercial emite quatro mil certidões pela internet em um mês

A Junta Comercial do Paraná (Jucepar) completou um mês do serviço de emissão online de certidões empresariais com um quarto destes documentos disponibilizados pelo meio digital. Entre o dia 23 de dezembro, quando o procedimento foi implantado, até o dia 23 de janeiro, 3.989 certidões foram emitidas pela internet, de um total de 16.863 documentos expedidos no período.

A emissão de certidões pela internet faz parte de uma série de investimentos da Junta Comercial na área de Tecnologia da Informação, com o objetivo de informatizar seus atendimentos e agilizar o trabalho junto aos usuários. Além das certidões, o programa Jucepar Digital, que reúne as inovações na área, também lançou, em dezembro do ano passado, o Portal de Serviços, que conta com a pesquisa de viabilidade de nome de empresas e uma nova sistemática para preenchimento dos processos da Junta.

“O grande desafio das juntas comerciais hoje é estarem cada vez mais modernas e antenadas às tecnologias digitais. Com o Jucepar Digital, temos melhorado as funcionalidades do site da Junta, visando sempre à facilidade para o usuário”, destaca o presidente da autarquia, Ardisson Naim Akel.

Com as certidões online, por exemplo, os empresários e contadores não precisam mais se deslocar a uma agência da Junta para conseguir o documento. O processo é todo feito pelo site da Jucepar (www.juntacomercial.pr.gov.br), no qual é preenchido um cadastro solicitando o tipo de certidão que precisa – Simplificada, de Inteiro Teor ou Específica. Após a confirmação de pagamento, o documento é enviado diretamente a seu e-mail. As certidões digitais também trazem mais segurança ao empresário, pois contam com certificação digital.

Já o Portal da Viabilidade reúne os procedimentos necessários para a viabilização da Redesim (Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios), que vai diminuir a burocracia e o tempo levado para a abertura de uma nova empresa.

Pelo portal, o usuário pode realizar a consulta de viabilidade de nome empresarial e do endereço da empresa – este último disponível, a princípio, para o município de Maringá, onde foi implantada a unidade piloto da Redesim. Também é disponibilizado o preenchimento da Ficha de Cadastro Nacional e Requerimento de Empresário (FCN/RE), sistema que gera automaticamente os documentos necessários para a entrada de processos na Jucepar.

Atendendo a uma reivindicação de contabilistas, outro aperfeiçoamento incluído no programa Jucepar Digital foi disponibilizar o número do arquivamento e a data de deferimento do processo, que auxilia no preenchimento do DBE (Documento Básico de Entrada) da Receita Federal. A medida atende principalmente os municípios onde não há agências da Jucepar, já que antes desta mudança o cidadão precisava ir pessoalmente à Junta para consultar o processo.

“O governador Beto Richa deu como missão à nossa gestão trazer mais facilidades e agilidade aos empresários paranaenses e desburocratizar os processos da Junta, e essa é hoje nossa prioridade. A Jucepar está cada dia mais moderna e ágil, contribuindo com o desenvolvimento do Estado”, diz Akel.

Anúncios

Sobre Rodini Netto

- Jornalista brasileiro (DRT-Pr 7.294) e Consultor em Comunicação Política. - Editor do Blog Moeda Livre Economia Digital - Fundador e Editor do Jornal Diário de Piraquara (2008). - Editor do Blog Meandros da Política (2008-2016).
Esse post foi publicado em Cidadania, Curitiba, Paraná. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s