Romeu Tuma Jr acusa Gilberto Carvalho

Na Veja que chega às bancas, a bomba da semana. O delegado Romeu Tuma Junior, o Tuminha, que foi Secretário Nacional de Justiça no governo Lula, dá longa entrevista sobre o seu livro “Assassinato de Reputações” que traz revelações incríveis. Além de Lula, que trata como informante de seu pai, o delegado do Dops Romeu Tuma, nos idos do regime militar, Tuma Jr escancara figuras como o paranaense Gilberto Carvalho, ministro secretário da presidente Dilma, que estaria envolvido em enormes falcatruas e seria eximio fabricante de dossiês falsos contra os adversários de Lula e do PT. E assegura que o prefeito de Santo André, Celso Daniel, foi assassinado. Queima de arquivo, diz Tuma.

Anúncios

Sobre Rodini Netto

Jornalista de profissão, editor dos Blogs Meandros da Política (Brasil), Versão Brasileira (Europa). Diretor do Jornal Diário de Piraquara Consultor de Comunicação Digital
Esse post foi publicado em Política. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s