Prefeitura de Curitiba adia licitação de R$ 100 milhões para propaganda

BLOG DO ESMAEL

Devido ao grande número de questionamentos dos participantes no certame, a abertura dos envelopes foi adiada de 26 de novembro para 3 de dezembro; contrato em disputa para cinco anos tem o valor anual de R$ 20 milhões, ou seja, totaliza R$ 100 milhões; enquanto não consegue licitar novas empresas, Fruet fica refém das agências que também atendem Richa -- Master, CCZ e Opusmultimídia;

Devido ao grande número de questionamentos dos participantes no certame, a abertura dos envelopes foi adiada de 26 de novembro para 3 de dezembro; contrato em disputa para cinco anos tem o valor anual de R$ 20 milhões, ou seja, totaliza R$ 100 milhões; enquanto não consegue licitar novas empresas, Fruet fica refém das agências que também atendem Richa — Master, CCZ e Opusmultimídia;

A Comissão Especial de Licitação da prefeitura informou nesta sexta (22) que adiou a abertura dos envelopes com a habilitação jurídica e fiscal das empresas que participam da concorrência pública para a escolha das agências de publicidade que irão prestar serviços ao executivo municipal de Curitiba.

Segundo o colegiado, formado por jornalistas e publicitários, devido ao grande número de questionamentos dos participantes no certamente, a abertura dos envelopes foi adiada de 26 de novembro para 3 de dezembro (clique aqui para ler o comunicado).

O contrato em disputa para cinco anos tem o valor anual de R$ 20 milhões, ou seja, totaliza R$ 100 milhões.

Este blog também havia informado ontem, com exclusividade, que o prefeito Gustavo Fruet (PDT) encaminhou carta prorrogando, mais uma vez, contrato com as três agências de publicidade que atendem o município — Master, CCZ e Opusmultimídia — as mesmas que atendem o governador Beto Richa (PSDB).

A prefeitura da capital teve à disposição R$ 28,5 milhões no orçamento deste ano para gastar com publicidade. Para 2014, segundo o mercado, seria o valor de 2013 mais a correção, algo em torno de R$ 30 milhões. Entretanto, Fruet cortou R$ 10 milhões. Ficaram R$ 20 milhões para a propaganda do ano que vem.

Anúncios

Sobre Rodini Netto

Jornalista de profissão, editor dos Blogs Meandros da Política (Brasil), Versão Brasileira (Europa). Diretor do Jornal Diário de Piraquara Consultor de Comunicação Digital
Esse post foi publicado em Política. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s