PARANÁ FALIDO: Com as contas atrasadas, governo do PR quer negociar prazo de dívidas

GAZETA DO POVO

Nesta semana, telefones da polícia foram cortados e presos podem ficar sem comida por falta de pagamento. Estado já anunciou uma série de medidas de contenção de gastos

(Foto: Roberto Custódio / Jornal de Londrina)

Com as contas atrasadas, governo do Paraná chama credores para negociar as dívidas: http://bitly.com/18bWV7m (Foto: Roberto Custódio / Jornal de Londrina)

Com as contas atrasadas, o governo do Paraná quer negociar novos prazos para saldar as dívidas que têm com fornecedores de serviço. A Secretaria de Administração e da Previdência começou a convocar esses fornecedores com os quais o estado está em débito para montar novos cronogramas de pagamento, divulgou, nesta quinta-feira (21), a Agência de Notícias do Paraná, órgão oficial de comunicação do governo estadual. A negociação também está sendo feita com fornecedores de combustíveis, que têm pagamentos atrasados, diz a nota.

A urgência para solucionar o atraso nos pagamentos e a falta de dinheiro no caixa do estado ficaram evidentes essa semana com o corte das linhas de telefone da Polícia Militar (PM) e da Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesp), em Curitiba, por falta de pagamento. O problema também ameaça a alimentação de 18 mil detentos no Paraná, já que algumas empresas que fornecem a comida estão sem receber desde agosto e outras desde setembro.

Este ano, o governo já anunciou uma série de medidas de contenção de gastos, como o corte de comissionados, a extinção de secretarias e outros contingenciamentos no orçamento. Nesta quinta, a Assembleia Legislativa votou de uma só vez e praticamente encerrou a tramitação de dois projetos de autoria do Executivo que pretendem aliviar o caixa: um dá mais prazo para devedores de impostos quitarem suas dívidas com o estado e a outra facilita a negociação no caso de precatórios (ações antigas em que o estado é devedor). O governo espera arrecadar R$ 50 milhões só com o parcelamento.

Anúncios

Sobre Rodini Netto

Jornalista de profissão, editor dos Blogs Meandros da Política (Brasil), Versão Brasileira (Europa). Diretor do Jornal Diário de Piraquara Consultor de Comunicação Digital
Esse post foi publicado em Política. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s