Gleisi rebate críticas de Campos à falta de diálogo do governo com empresas

Folha

A ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, rebateu ontem críticas do ex-aliado e virtual candidato à Presidência Eduardo Campos (PSB) sobre a ausência de diálogo do governo com o setor privado, especialmente com o mundo agrícola.

Em uma referência indireta à aliança do pernambucano com a ex-senadora Marina Silva, parceria vista com preocupação pelos empresários do campo, a chefe da Casa Civil recorreu à ironia. "Discurso fácil e radical não resolve o problema e não é bom para o Brasil. O governador deveria olhar bem à sua volta e ver que o problema de interlocução com o campo não está no governo."

Alan Marques – 24.out.2013/Folhapress
A ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, durante solenidade no Palácio do Planalto
A ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, durante solenidade no Palácio do Planalto

A união de Campos com Marina é vista com ressalva pelo setor rural e fez com que ele abrisse mão do apoio do deputado Ronaldo Caiado (DEM-GO), um dos líderes da bancada ruralista, mas visto como um adversário ideológico pelo grupo de Marina.

Para desfazer eventuais resistências a seu nome em razão dessa aliança, o próprio Eduardo Campos tem feito um périplo junto a representantes do setor com a ajuda de Roberto Rodrigues, ex-ministro de Lula (Agricultura).

"Eu sou de um Estado agrícola e sei o que estamos fazendo. Lá e nas grandes regiões produtoras, estamos bombando, como dizem os jovens", afirmou Gleisi: "Quero crer que as declarações do governador devem ser por desconhecer o setor e das políticas do governo".

Segundo Gleisi, o governo esgotou as grandes pautas do agronegócio, ampliando créditos, reduzindo as taxas de juros, ampliando financiamentos e estruturando uma política de seguro agrícola.

"Ele diz que não tem interlocução, mas todo plano safra é resultado de uma interação constante com os setores produtivos", afirmou. Para ela, o que o governo faz é mediar os interesses e fazer com que ninguém tenta perdas, nem os empresários, nem o cidadão. "Parece que o governador está forjando crítica para se defender."

Anúncios

Sobre Rodini Netto

- Jornalista brasileiro (DRT-Pr 7.294) e Consultor em Comunicação Política. - Editor do Blog Moeda Livre Economia Digital - Fundador e Editor do Jornal Diário de Piraquara (2008). - Editor do Blog Meandros da Política (2008-2016).
Esse post foi publicado em Política. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s