Gleisi rebate críticas de Campos à falta de diálogo do governo com empresas

Folha

A ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, rebateu ontem críticas do ex-aliado e virtual candidato à Presidência Eduardo Campos (PSB) sobre a ausência de diálogo do governo com o setor privado, especialmente com o mundo agrícola.

Em uma referência indireta à aliança do pernambucano com a ex-senadora Marina Silva, parceria vista com preocupação pelos empresários do campo, a chefe da Casa Civil recorreu à ironia. "Discurso fácil e radical não resolve o problema e não é bom para o Brasil. O governador deveria olhar bem à sua volta e ver que o problema de interlocução com o campo não está no governo."

Alan Marques – 24.out.2013/Folhapress
A ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, durante solenidade no Palácio do Planalto
A ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, durante solenidade no Palácio do Planalto

A união de Campos com Marina é vista com ressalva pelo setor rural e fez com que ele abrisse mão do apoio do deputado Ronaldo Caiado (DEM-GO), um dos líderes da bancada ruralista, mas visto como um adversário ideológico pelo grupo de Marina.

Para desfazer eventuais resistências a seu nome em razão dessa aliança, o próprio Eduardo Campos tem feito um périplo junto a representantes do setor com a ajuda de Roberto Rodrigues, ex-ministro de Lula (Agricultura).

"Eu sou de um Estado agrícola e sei o que estamos fazendo. Lá e nas grandes regiões produtoras, estamos bombando, como dizem os jovens", afirmou Gleisi: "Quero crer que as declarações do governador devem ser por desconhecer o setor e das políticas do governo".

Segundo Gleisi, o governo esgotou as grandes pautas do agronegócio, ampliando créditos, reduzindo as taxas de juros, ampliando financiamentos e estruturando uma política de seguro agrícola.

"Ele diz que não tem interlocução, mas todo plano safra é resultado de uma interação constante com os setores produtivos", afirmou. Para ela, o que o governo faz é mediar os interesses e fazer com que ninguém tenta perdas, nem os empresários, nem o cidadão. "Parece que o governador está forjando crítica para se defender."

Anúncios

Sobre Rodini Netto

Jornalista de profissão, editor dos Blogs Meandros da Política (Brasil), Versão Brasileira (Europa). Diretor do Jornal Diário de Piraquara Consultor de Comunicação Digital
Esse post foi publicado em Política. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s